ATENDIMENTO DOMICILIAR

Atendimento Domiciliar - Homecare

O cuidado domiciliar à saúde é uma prática que remonta a própria existência das famílias como unidade de organização social. Inúmeras situações de dependência cronicamente assumidas pelas famílias sequer foram, ainda, incluídas nas iniciativas de atenção domiciliar organizadas pelo sistema de saúde. O objeto “atenção domiciliar”, portanto, diz respeito apenas a uma parte das práticas de cuidado domiciliar, particularmente as que implicam uma convivência entre profissionais de saúde e cuidadores familiares (MEHRY; FEUERWERKER, 2008).
No Brasil, a atenção no domicílio contou inicialmente com os médicos de Família, os profissionais legais de medicina que atendiam seus abastados clientes em casa, proporcionando assistência humanizada e de qualidade. Aos menos favorecidos, cabia a filantropia, o curandeirismo e a medicina caseira (SAVASSI; DIAS, 2006).

Com o intuito de promover a saúde mental e o bem-estar social a Estação Psi dispõe do Atendimento Médico Domiciliar em seu programa de Serviço de Atenção Domiciliar.
O Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) é um serviço de retaguarda que visa ajudar o paciente a recuperar mais rapidamente sua saúde, sendo tratado, quando possível, em seu domicílio, no ambiente familiar e social, com estreita integração com o médico do paciente e com um Cuidador designado pela família.
O Serviço de Atenção Domiciliar proporciona um atendimento mais humanizado aos pacientes e aos seus familiares, estimula a participação da família no tratamento e a integração do indivíduo à sociedade, resultando numa melhora significativa em se quadro clínico.

As atividades que compõe o Serviço de Homecare oferecidos pela Estação Psi são o Atendimento Médico Psiquiátrico em Domicílio, e atividades ligadas à Psicologia, como  a Psicoterapia, Acompanhamento Terapêutico e Avaliação Neuropsicológica.